Segunda a Sexta-feira, das 8h às 19h | Sábado: consulte horários

11 94550-9674

Assoalho pélvico Tag

Episiotomia

Podemos dizer que esse é um assunto que assusta algumas mulheres. A episiotomia é um corte realizado entre a vagina e o ânus durante a fase expulsiva do trabalho de parto. A episiotomia mais utilizada é a médio-lateral, que abrange pele, mucosa vaginal,  aponeurose (membrana que reverte o músculo) superficial do períneo e fibras dos músculos bulbocavernoso e transverso superficial do períneo. [gallery link="file" ids="4731,4732,4733"] Atualmente a episiotomia é um dos procedimentos mais comuns na obstetrícia, sendo superado apenas pelo corte e pinçamento do cordão umbilical. Assim como as cesáreas, a OMS (Organização Mundial da Saúde) não recomenda que o procedimento seja feito rotineiramente como tem acontecido no Brasil. A princípio a episiotomia deveria ser realizada apenas em parto complicados, mas tornou-se rotineira a partir das décadas de 40 e 50...

Assoalho pélvico – o berço do bebê!

Já foi apresentada ao assoalho pélvico? O assoalho pélvico é um conjunto de partes moles que fecham a pelve, sendo formado por músculos, ligamentos e fáscias. Suas funções são de sustentar e suspender os órgãos pélvicos e abdominais, mantendo as continências urinária e fecal. Os músculos do assoalho pélvico também participam da função sexual e distendem-se em sua porção máxima na passagem feto durante o período expulsivo do parto. Na mulher a região dos músculos do assoalho pélvico é perfurada por três orifícios: uretra, vagina e ânus. [gallery link="file" ids="4768,4769,4770"] Sendo a região mais baixa do tronco, esse grupo muscular fixa-se sobre uma estrutura óssea que garante em parte sua estabilidade: a pelve. Essa estrutura envolve quase totalmente os órgãos e os músculos do assoalho pélvico. Na gestação essa região...