Segunda a Sexta-feira, das 8h às 19h | Sábado: consulte horários

11 94550-9674

Você sabe o que é diástase abdominal?

Você sabe o que é diástase abdominal?

 

Como sabemos o corpo sobre diversas alterações durante a gestação.

Com o crescimento do bebê o útero se expande e consequentemente os músculos do abdome se alongam. Dessa forma ocorre o estiramento dessa musculatura para que haja mais espaço para o útero continuar se expandindo. É uma separação da linha média (linha alba) dos músculos retos da parede abdominal.

Esse afastamento dos músculos do abdome é chamada de Diástase abdominal ou Diástase dos músculos reto abdominais.

 Outro fator que contribui para esse afastamento da musculatura é a alteração hormonal. São três hormônios os principais nesse caso: a relaxina, a progesterona e o estrógeno.

A separação dos feixes do músculo podem ocorrer infra umbilical, umbilical e supra umbilical. Consideramos que essa separação é normal até ± 3cm. Nesse caso geralmente a musculatura volta ao normal sem maiores problemas.

Um dos motivos de desconforto lombar ou pélvico durante a gestação pode ser a diástase abdominal. Isso ocorre devido a uma interferência da musculatura do abdome na estabilização do tronco, comprometendo a postura e tornando a gestante mais predisposta à dor.

Como fatores para predisposição consideramos:

  • Obesidade
  • Gestações múltiplas (gêmeos, trigêmeos…)
  • Macrossomia fetal (com mais de 4kg)
  • Multiparidade (mais de dois partos)
  • Aumento do líquido amniótico
  • Flacidez da musculatura abdominal pré-gravídica

Alguns cuidados devem ser tomados no caso de diástase abdominal. Exercícios abdominais tradicionais de flexão de tronco são contra indicados. Quando realizamos a flexão ocorre um aumento da pressão intra abdominal. Esta força pode causa aumento separação dos retos e, portanto piorar a diástase e evoluir para uma hérnia. Esse é um dos motivos do porquê as gestantes não devem realizar abdominais.

Uma alternativa para fortalecer a musculatura do abdomem sem realizar a flexão do tronco são os Exercícios Hipopressivos, que tem um excelente resultado no pós parto, relacionado a diástase abdominal e também a fortalecimento do assoalho pélvico.

Lembre-se que um profissional especializado e consciente de todas as modificações fisiológicas que acontecem nesse momento é fundamental.

 

 

Fonte:

-ENDACOTT, J. Pilates para grávidas. Ed Manole. 2007

-ZUGAIB, M.; LOPES, M. A. B. Atividade física na gravidez e no pós parto. Ed Roca. 2009

-http://revistapilates.com.br

Imagem: Pinterestlogo-horizotal-rgb

 

 

 

 

No Comments

Post a Comment