Segunda a Sexta-feira, das 8h às 19h | Sábado: consulte horários

11 94550-9674

Cinta no pós parto – Usar ou não?

Cinta no pós parto – Usar ou não?

      – Em quanto tempo a barriga volta ao normal?

A volta ao corpo pré gestacional é um processo natural e fisiológico do corpo humano, mas é preciso paciência. Como maneira de justificar essa pergunta e acelerar o processo de volta ao corpo pré gestacional muitas mulheres já colocam a cinta no pós parto imediato, quando voltam da sala de parto.

      – Mas será que a cinta ajuda mesmo a retornar o abdomem?

Aqui está a opinião da Umana sobre esse assunto que ainda tem muitas controversas.

Se seu objetivo ao usar a cinta for pela preocupação estética, um aviso – a cinta no pós parto NÃO ajuda a retornar o abdomem mais rápido e nem afinar a cintura. Mas pode ser positiva nas primeiras semanas do pós parto.

Após a gestação a musculara abdominal deve retornar ao seu tônus pré gestacional. A função do abdome é agir como uma espécie de cinta, que junto com a musculatura da coluna, o diafragma e assoalho pélvico formam um cilindro que estabiliza o tronco. Ao utilizar a cinta é como se o abdome entendesse que já tem “alguém” fazendo sua função, e então acaba não contraindo da maneira que deveria, de forma fisiológica.

Alguns lugares justificam o uso da cinta com o objetivo de estabilizar a coluna e evitar possíveis dores nessa região. Mas calma…. essa não é a função do abdome?! Porque então substituir a função muscular?

Durante as primeiras semanas do pós parto é comum algumas mulheres ficarem com uma sensação de que está tudo “solto” dentro do abdomem. Isso pode acontecer mesmo!

Durante a gestação os órgaos sofrem uma adaptação frente ao aumento uterino com objetivo liberar espaço para o mesmo. Isso durante cerca 40 semanas…certo? E aí de um dia pro outro o bebê nasce, e todos os órgãos de repente devem voltar à posição anterior….mas infelizmente isso não acontece da noite para o dia.

Nesse período a cinta acaba gerando conforto e segurança, como se ajudasse a segurar esses órgãos que estão retornando para seu lugar, principalmente o útero, que ainda não voltou ao seu tamanho normal.

Uma boa alternativa para melhorar a sensação de desconforto e não precisar comprar uma cinta apenas para uso nas primeiras semanas é usar aquelas calcinhas mais altas, que tem uma leve compressão. Algumas possuem até uma barra de silicone para impedir que fique escorregando no corpo.

Mas a melhor opção para o corpo e o abdomem voltarem ao normal é amamentar! Durante a amamentação é produzido um hormônio chamado ocitocina, que é o mesmo liberado durante o trabalho de parto. A ocitocina é responsável por fazer o útero contrair, e portanto voltar ao seu tamanho normal.

Outra opção para a volta da musculatura são os Exercícios Hipopressivos, que devem ser realizados apenas no pós parto imediato ou depois de 6 meses. Falaremos melhor sobre essa técnica em um post futuro. Mas apenas para adiantar, esses exercícios ajudam a diminuir a pressão intra-abdominal, reduzindo a diástase abdominal. E ainda são ótimos para o assoalho pélvico!

O mais importante – Seu corpo ficou durante 40 semanas se transformando em um corpo gestante. Não será de um dia para o outro que ele voltará ao que era antes. Tenha paciência e aproveite para priorizar outras coisas maravilhosas que a maternidade trás!

 

 

logo-horizotal-rgb

 

 

 

 

 

 

 

 

Imagem: Pinterest
As imagens do blog vêm de diversas fontes e nem sempre é possível identificar o autor. Se você desejar ter o crédito ou a remoção dessa imagem, favor enviar um email para contato@umanapilates.com.br e faremos os ajustes necessários. Some pictures on this blog come from multiple sources. If one of your images is on the site and you want it removed please write to contato@umanapilates.com.br

No Comments

Post a Comment